Category: Mobile

Mobile

Sobre 2018 e hibot.chat

Sobre 2018, acho que começa com tudo, 2017 foi um bom ano, mas eu não vinha evoluindo pessoalmente, então planejei e coloquei em prática dois projetos pessoais:  Minha próxima linha de estudos avançando em Data Science, Artificial Intelligence e Cloud e minha nova aplicação, hibot.chat. Minha próxima linha de estudos, avançando em Data Science, Artificial Intelligence e Cloud São áreas que eu consegui chegar ao nível mínimo para avançar e finalmente aprender e praticar o que penso ser o futuro, quem sabe contribuir com a criação dele. Data Science é uma ciência que estuda as informações, seu processo de captura, transformação, geração e,

Continue Lendo

Nokia 3310 e Nokia 3,5 e 6

Então é carnaval, época de zoar ou como  no meu caso, ficar de boa curtindo o filhão a esposa e a tranquilidade. E neste meio tempo a Nokia inventa de relançar o 3310, que para você que não conhece era o nosso amado tijolão, indestrutível celular que durava muito a bateria, tanto que nem lembro exatamente quanto. Lembro que o carregador quase não era visto. Lançado em Barcelo, Espanha no dia 26 fev, o novo Nokia 3310 vem em quatro cores: vermelho, amarelo, preto e prata. Vem com o tradicional e famoso Snake e seus ringtones famosos. Promete 22 horas de

Continue Lendo

Full Stack Developer

Sempre procurei o que pudesse definir de melhor forma como eu trabalhava. Então surgiu o Full Stack Developer. Sempre fui Front-End e Back-End Quando falamos em tecnologias de desenvolvimentos necessárias para um desenvolvimento web, falamos em : HTML5 CSS3 JavaScript UX / UI Conceitos como Mobile First, RWD, etc. Mas como Back-End developer, também trabalho com: PHP Java Python .Net Banco de Dados etc. Nos últimos tempo tivemos a evolução do JavaScript com o Node.JS que também é utilizado por profissionais Front-end. Full Stack Developer, nada mais é do que um Front-End Developer que também é um Back-End Developer, ou

Continue Lendo

Compras mobile

O Twitter Brasil e o Instituto Ipsos em parceria realizaram uma pesquisa de comportamento de consumo e descobriram que boa parte dos consumidores usará dispositivos móveis para realizar compras no futuro. 87% dos entrevistados acreditam que, em menos de 10 anos, já terão seus dispositivos como canais de compras mobile. Atualmente, os smartphones representam 21% de todas as compras online. A pesquisa registrou também que 97% dos participantes afirmaram que fazem ou já fizeram compras pelo computador. Mostrando uma pré-disposição do brasileiro em comprar pela internet, que deve passar para uma nova fase me breve, passando a comprar por dispositivos

Continue Lendo

Porque investir em First Mobile

A algum tempo eu havia falado sobre a Mentalidade Mobile First, uma forma não tão nova, alias, acho que nem um pouco nova, mas que para muitos aos poucos está virando rotina. Durante anos especialistas de diversas áreas viram esse crescimento, mas talvez pela demora na concretização desta previsão, as coisas acabaram demorando para se tornarem realidade. Os dispositivos mobiles viraram uma febre, hoje todos temos um dispositivo mobile no bolso, e acesso a qualquer informação em qualquer lugar, desde uma rede social até um acesso corporativo. Porque eu e minha empresa invistiriamos em Mobile? Muitos devem se pergutar. É

Continue Lendo

Alternativas ao PowerPoint para criação de apresentações

Quando você pensa em slides e apresentações, certo que na sua mente em primeiro lugar vem o Microsoft PowerPoint. Mas existem outras boas alternativas, eu diria que alternativas evoluidas desta precursora ferramenta. Testei 3 das que mais considero, sendo o Prezi já um antigo conhecido por mim até agora. Haiku Deck (iPad) O Haiku Deck foi projetado para transformar idéias em belas apresentações no tempo que você leva para ir de ônibus ao trabalho. O segredo? Acesso a um rico acervo integrado de imagens e ilustrações gratuitas. Pixxa Perspective (iPad) Uma apresentação nada mais é do que uma história audiovisual. Esta é

Continue Lendo

Mentalidade Mobile First

A ideia defendida por Luke Wroblewski é simples: desenhar sua solução primeiro para mobile, depois para web. Esse exercício forçará o seu poder de síntese ao máximo e, ao transportar para a versão web, você já terá limado o excesso de conteúdo. Segundo Luke, o excesso de informação em grande parte dos sites se dá porque é relativamente fácil adicionar conteúdo web. “O mobile não deixa espaço para nenhum conteúdo de relevância duvidosa. Você precisa saber o que realmente importa. Para fazer isso você precisa conhecer bem os seus usuários e o seu mercado.”, afirma Luke. Um dispositivo mobile é

Continue Lendo

© 2018 Ederson Melo

Theme by Anders NorenUp ↑

%d blogueiros gostam disto: