Dos tradicionais Blogs para Redes Sociais

Pessoalmente tenho sido um blogueiro a alguns bons anos e tenho resistido a trocar minha plataforma de expressão/escrita dos Blogs para as Redes Sociais, literalmente. Até hoje!

Essa teórica “resistência” para escrever diretamente em Redes Sociais não tem relação com a idade, medo ou não ser aberto a mudanças.

Tem relação com minha paixão por blogs, pela minha dedicação em ajudar a evoluir está plataforma e por ser um dos meus hobbies. Mas tem sido satisfatório o suficiente? Até mesmo um hobby precisa evoluir.

Então resolvi tirar um tempo para pensar nesta mudança, chegar a um consenso e decidir da melhor forma possível. Tive oportunidade de analisar diversos cenários e profissionais que fizeram essa transição muito bem.

Mas qual plataforma utilizar então? Linkedin, Facebook, Instagram. Cada uma tem sua rede de comunicação, algumas mais focadas em profissionais e outras no pessoal, imediativo. Pode existir posts diferentes por Rede Social, sim. O blog deve continuar? Sim, mas desta vez ele não vai ser a origem para tudo e sim um agregador de muitas origens.

A arquitetura da informação do blog muda, ele continuará com os posts anteriores, terá textos escritos direto nele, mas o foco é a apresentação pessoal e não mais unicamente posts. [como dito a dois parágrafos acima ]Além de não ser mais a única origem e sim um agregador de diversas fontes.

Como dizia George Bernand Shaw,
É impossível progredir sem mudança, e aqueles que não mudam suas mentes não podem mudar nada.

Pensando em mudar para uma aplicação estática

Cuidar de um blog pessoal dá trabalho, engana-se quem diga que não. Existe um trabalho em atualizar a engine, manter suas costumizações, pagar a hospedagem, gerenciar todo conteúdo e muito mais está por trás dessa tarefa.

Além disso, você tem que pensar em custos e inovar sempre, você sabe que os mecanismos de busca e análise sempre inovam e você tem que estar junto. Pensando nisso tudo, comecei a pensar em conteúdo estático. Este tipo de alteração que mais parece uma desevoluir tem somente vantagens.

WordPress

AMO o WordPress. Muitos não gostam, mas o WordPress é uma ferramenta fantástica que resolve muitos problemas quando se trata de criar websites e qualquer outra que dependa de um CMS. É simples, tem uma comunidade gigante, com soluções para qualquer tipo de problema: basta fazer uma pergunta no Google e pronto, você encontra a resposta. Mesmo assim você precisa dar bastante atenção para suas atualizações, performance, configurações e tudo mais.

Mas ainda assim e preciso ficar um tempo pensando em performance, isso vai além dos plugins de cache que você queira usar.

Apesar do custo, sim ele tem um custo de hospedagem e consumo que o tráfego e o mysql vão gerar, além dos snapshots e backups.

Hugo

Andei analisando o Jekyll e o Hugo, que no seu site tem uma série de sugestões, a principal é focar na trasnformação dos seus posts.

O Hugo é um sistema gerador de arquivos estáticos desenvolvido com a linguagem Go. O setup é simples e em poucos minutos você já está com o Hugo na sua localhost. Com ele é possível:

Mas porque não Middleman? Embora eu tenha uma facilidade maior com Middleman por conhece-lo há mais tempo, o Hugo tem algumas facilidades interessantes, por exemplo:

  • Migração do seu conteudo de forma fácil;
  • A geração de estáticos é muito rápido
  • Gestão de permalinks
  • Suporta vários tipos de frontmatters: json, toml e yaml
  • A forma de templating usa Sections, Archetypes e Types
  • Boa oganização e gestão de Taxonomias
  • Suporta Syntax Hightlighting nativamente
  • Diversos extras

Então,

Apesar dessa propaganda gratuita toda para o Hugo ainda continuo com o WordPress, mas estou pensando nessa nova possibilidade e suas vantagens.

Minha Semana Cloud Básico

Está semana falei o básico sobre Cloud, para alinhar o conhecimento e dar início a mais este elemento do blog. Foram apenas 3, mas faremos mais, porque quando saímos do básico as pesquisas e aplicações práticas se tornam mais complexas.

Falamos então, sobre:

Cloud Privada e Hibrida

Cloud PaaS, DaaS, IaaS e TaaS

Aplicações em Cloud Computing

Sobre Cloud Computing

edersonmelo-to-do-590x295

Sobre o CheckList: Abril 2015, o que já foi feito ou iniciado:

  1. Melhorias Blog em(iniciado);
  2. iniciar projeto para migrar e atualizar tagther(iniciado);
  3.  Item 6. Fortalecer a leitura de livros(iniciado).

Além disso, estou olhando na parte de melhorias para o blog a utilização de um plugin para informar quais livros eu li e recomendo e quais pretendo ler.

Blog na Digital Ocean

Bom pessoal, todos devem ter notado que em algum momento ou em posts anteriores eu falei sobre a troca da bluehost pela DigitalOcean. Isso ocorreu a umas 3 ou 4 semanas, e graças a quantidade de acessos que recebo diariamente a base de dados contratada com a DigitalOcean não está aguentando.

Como durante o fia eu fico sem a possibilidade de conectar, vocês devem ter pego ele fora. Mas isso está para se resolver.

1º – Ajustei as configurações que antes eram as básicas da instalação do banco para melhor performance;

2º Criei um swap para dar uma ajuda;

3º Vou analisar o tráfego de informações com os comportamentos e se realmente for necessário, farei os ajustes no core do WordPress e a compra de mais espaço para a base.

Agradeço a compreensão e continuem acessando.