Porque investir em First Mobile

A algum tempo eu havia falado sobre a Mentalidade Mobile First, uma forma não tão nova, alias, acho que nem um pouco nova, mas que para muitos aos poucos está virando rotina.
Durante anos especialistas de diversas áreas viram esse crescimento, mas talvez pela demora na concretização desta previsão, as coisas acabaram demorando para se tornarem realidade.
Os dispositivos mobiles viraram uma febre, hoje todos temos um dispositivo mobile no bolso, e acesso a qualquer informação em qualquer lugar, desde uma rede social até um acesso corporativo.

edersonmelo-mobile-first

Porque eu e minha empresa invistiriamos em Mobile? Muitos devem se pergutar. É simples, as vendas de smartphones já passaram as de PCs. Isso já norteia a sua mente para um fato quase inevitável. Se o mundo inteiro está passando mais tempo acessando a internet com dispositivos móveis, não é muito sensato pensarmos primeiramente em fazermos sites para desktops/notebooks!

Outro norte é a capacidade crescente de armazenamento Cloud, possibilitando o acesso a informações e conteúdo pessoal a qualquer momento. Para termos uma ideia em números:

  • A venda de smartphones ultrapassou os PCs.
  • 281,7 milhões de celulares em Jan/15
  • O Brasil terminou Jan/15 com 281,7 milhões de celulares e 138,3 cel/100 hab.
  • O mês de Jan/15 apresentou adições líquidas de 973 mil celulares.
  • O pré-pago apresentou adições líquidas de 470 mil e o pós-pago de 503 mil.
  • A participação do pré-pago caiu para 75,75%.
  • Dados Preliminares da Anatel indicam que em Fev/15 foram adicionados 392 mil acessos móveis no pré-pago.

Eu fui surpreendido pela capacidade de um iPad descartar até certo ponto o uso do meu notebook e agendas de papel. Claro, isso é uma mudança de mentalidade que ainda preciso me preparar, afinal, ainda penso em escrever as coisas sempre em papel.Este post é um exemplo.

Penso que a mobilidade ainda pode me surpreender muito, então vamos discutir bastante sobre cenários futuros 😉

Mentalidade Mobile First

Deixe uma resposta