Concordo com Elon Musk quando ele fala que carros voadores pode ser uma péssima ideia. Musk que tem  entre seus planos para criar um sistema de túneis de transporte e Investimentos em carros elétricos a Tesla e uma empresa de transporte espacial a SpaceX.

Carros voadores mudariam todo o sistema de ensino de transito, precisaremos de mapeamento aéreo e sistemas eficazes com pessoas mais educadas.

“Obviamente, gosto de coisas voadoras. Mas é difícil imaginar um carro voador virando uma solução escalável”, segundo o  executivo. Um dos problemas seriam o vento e barulho que projetados contra as pessoas no chão e, mais importante, o risco de detritos pesados caindo caso uma batida aérea aconteça. “Se alguém não fizer a manutenção de seu carro voador, ele poderia derrubar uma calota e te guilhotinar. Seu nível de ansiedade não seria reduzido com coisas que pesam tanto zumbindo acima da sua cabeça”.

Mas existem nomes de peso contrários a ideia de Musk, pessoas como o cofundador da Google, Larry Page, que financia a startup Zee Aero. O Uber que está investindo em veículos de decolagem e pouso verticais (VTOL), capazes de transportar pessoas pelas cidades sem necessitar de pistas de pouso.

uitgelicht-detail

O PAL-V é um giroplano. No solo, ele vai de zero a 100 quilômetros em nove segundos e chega a 160 quilômetros por hora. Ele voa a 3 mil metros do chão, mais ou menos 1/3 da altura alcançada por um avião comercial e com autonomia de voo para ir do Rio a São Paulo.

Eu gostaria de ter um, mas imagina os preços e  todo o custo de manutenção, não poderíamos deixar um veiculo deste tipo passar uma manutenção, seria arriscado tanto para nos quanto para os pedestres.

Então fica um turbilhão de oportunidades e ideias a serem discutidas e um futuro cada vez mais próximo.

Pai do Pedro, Marido e Workaholic com vida social. Mais em https://www.edersonmelo.com/quem-sou/